Você gostaria que as redes sociais da sua clínica fossem ferramentas capazes de atrair pessoas interessadas nas suas especialidades para se tornarem pacientes?

Eu tenho certeza que sim!

Existem grandes chances de você está comentando alguns erros básicos nas redes sociais, que estão impedindo a conquista de novos pacientes.

Neste artigo você vai aprender, de forma simples, como corrigir os 4 erros mais comuns, que podem estar impedindo as suas redes sociais de se tornarem aliadas na conquista de novos pacientes.

1 – Não investir em anúncios

É comum ouvirmos gestores de empresas no segmento de saúde afirmarem:

“Temos percebido que nossos posts no Instagram e, principalmente, no Facebook estão sendo exibidos a uma parcela cada vez menor dos nossos seguidores e fãs.”

Por que isso tem ocorrido?

  • Primeiro, porque as pessoas têm produzido cada vez mais conteúdo fazendo com que haja um volume maior de informações circulando nessas redes. Nesse cenário, as suas postagens acabam competindo com posts de outras empresas, com a foto da amiga do seu seguidor ou com as mensagens de bom dia e vídeos engraçados de gatinhos 🙂
  • Segundo, porque com o aumento expressivo de postagens nessas redes sociais, uma medida natural do Facebook e do Instagram foi definir regras para limitar a exibição das postagens gratuitas, o que chamamos de “alcance orgânico”.

Diante disso, criar publicações relevantes, com objetivos claros e anunciá-las é algo indispensável para fazer com que sua marca seja exibida para o maior número de pessoas com potencial de interesse nas suas soluções.

Garantir uma verba para fazer anúncios é medida inevitável se você deseja resultados concretos nas redes sociais, porque a tendência é que o alcance orgânico seja cada vez menor nos próximos anos.

2 – Falar explicitamente dos serviços

É preciso entender que as pessoas estão nas redes sociais para consumirem conteúdo e não em busca da sua solução. Por isso, gerar interesse pelos serviços da clínica com abordagem indireta é uma regra essencial na hora de redigir os seus posts.

Como?

A regra se aplica a qualquer área da saúde e a título de exemplificação vamos usar o público de dermatologia. 

Ver um post que destaque: “Os mitos e verdades sobre melasma” ou “Como evitar que a acne piore na adolescência” é muito mais relevante, que uma abordagem explicita do tipo:

“Se você tem acne vá a um dermatologista. Agende sua consulta conosco pelo telefone … !”

É importante informar como as pessoas podem entrar em contato com você, claro. Faça isso de forma sutil.

3 – Só pensar em quantidade

Equilíbrio é uma regra básica!

Há clínicas, consultórios e centros médicos que priorizam a busca por milhares de fãs e seguidores.

Outros fazem 10 postagens por dia – muitas delas irrelevantes com informações que não agregam valor à marca como mensagens de “bom dia” ou frases engraçadinhas sem conexão com o negócio.

Quantidade jamais será qualidade!

Isso você já sabe, portanto aplique a premissa também nas suas redes sociais.

Publique com moderação e construa uma audiência sólida como consequência de um trabalho bem feito nas suas redes sociais.

4 – Estar ausente nas redes sociais

O seu paciente usa redes sociais?

Se sua resposta for sim, você está perdendo a oportunidade de relacionar com seu público, quando opta pela ausência.

De acordo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil possui 116 milhões de pessoas conectadas a internet.

Cerca de 64,7% da população acima dos 10 anos está presente no ambiente online. 

Essa expressiva estatística também inclui pessoas de maior faixa etária como aqueles entre os 65 anos ou mais.

Portanto a ausência é um péssimo negócio.

Agora, existem duas formas básicas de classificarmos essa “ausência”:

Primeiro, quando a clínica, consultório ou centro médico não tem perfis sociais e portanto não existe nesses espaços.

Se esse for seu caso, que tal corrigir esse problema criando uma conta no Facebook e no Instagram aproveitando para colocar em prática as dicas acima?

Segundo, quando a clínica, consultório ou centro médico até tem perfis sociais. Entretanto, são desatualizados, não interagem com as pessoas ou fazem publicações de tempos em tempos sem periodicidade.

Acredite, muitas vezes as redes sociais são utilizadas pelo potencial paciente para validar a decisão dele em agendar uma consulta com você.

Ou seja, mesmo que ele não tenho sido impactado diretamente por um post seu é muito comum ir “dar uma olhada” no Instagram ou Facebook do profissional ou da empresa.

Isso para conhecer seus bastidores, como você se posiciona online e o que as pessoas falam sobre seu negócio.

Conclusão:

01 – Invista em anúncios nas redes sociais para que a sua marca seja vista por mais pessoas com potencial de se transformarem em pacientes;

02 – Gere conexão com as pessoas ajudando-as a esclarecerem dúvidas sobre as indicações das suas especialidades.

03 – Priorize a qualidade em vez de focar a atenção em indicadores pouco relevantes.

04 – Esteja presente no ambiente online para evitar a perda de oportunidades para o concorrente.

A Protagonize é uma Assessoria de Marketing e Comunicação Especializada em Saúde.

Com as nossas Soluções, você pode conquistar mais clientes, tornar sua marca conhecida e se destacar no mercado. 

Converse com nossos consultores. Nossos especialistas vão te mostrar o que precisa ser feito para você alcançar os resultados que deseja.

Artigos recomendados:

Aumente o faturamento da clínica com a estratégia upsell

Aumente o faturamento da clínica com a estratégia upsell

Você costuma oferecer ao paciente serviços complementares ou mais completos após uma consulta ou procedimento? Conhecido como upsell, esta é uma estratégia muito eficiente para promover serviços e aumentar o faturamento da clínica de forma ética e sustentável. Pode...

ler mais